Por: Weslen Máximo 

 

Ouça a reportagem. Clique Aqui!

 

O público ocupou grande espaço do recinto de festas na antiga prefeitura, durante as quatro noites de carnaval, em Casa Branca (SP). Ao som da Banda Gênese, os foliões se divertiram pacificamente com poucas confusões, o que é um bom resultado, segundo o prefeito Marco Cesar.

 

Encerrando as noites, a Banda Gênese colocou todo mundo para dançar uma super mistura de ritmos. Para os integrantes do grupo, estar mais uma vez na cidade é gratificante. “Casa Branca já é nossa segunda casa. É sempre bom tá aqui”, disse o vocalista Anderson Neggão.

 

Na segunda-feira de carnaval, os foliões assistiram o desfile dos blocos, na Avenida Presidente Kennedy. Com homenagens, samba e funk, participaram na passarela casa-branquense os blocos Vila Diniz em parceria com o grupo Gaby Dance, Melhor Idade/A Macaca Sofia e bateria de Santa Cruz das Palmeiras.

 

“A Macaca Sofia” é título do livro infantil do escritor casa-branquense Ganymédes José, homenageado pelo grupo Melhor Idade, que em 2018 contou com quase 300 pessoas, segundo o responsável Carlos Casali. “É um prazer enorme homenagear um escritor consagrado e premiado; com apoio do prefeito Marco Cesar, que nos deu toda a liberdade para que nós no ano passado iniciássemos esse bloco da Macaca Sofia”, comentou Casali.

 

O público que assistiu ao desfile também gostou do que viu. O casal Lauro e Gislaine, elogiou a organização do evento. Já o casa-branquense Zeca, que mora há 30 anos em São Paulo, viajou a sua terra natal para acompanhar a folia e matou a saudade dos amigos. “Tô achando espetacular o povo nosso aqui recebendo o carnaval de graça. Deveria ter mais carnaval de rua!”, contou.

 

O prefeito Marco Cesar afirmou que houve poucas ocorrências significativas e que a festa foi tranquila, com responsabilidade e amizade entre os foliões. “Nós temos que sair de casa nesses dias de carnaval pra fazer amizades, se confraternizar com os amigos [...] A Polícia Militar tem dado uma cobertura fundamental para o processo; nós temos segurança privada que está funcionando; e monitoramento de câmeras em todos os locais. Eu acho que tudo isso tem proporcionado um carnaval mais seguro para a população da nossa cidade”, revelou.

 

Preço

Foliões reclamaram dos preços de alimentos e bebidas. Ainda comentaram sobre a proibição de entrar com bebidas dentro do recinto, o que não agradou algumas pessoas.

 

Ocorrências

 A Polícia Militar informou que houve uma prisão, em flagrante, por embriaguez ao volante e, três prisões entre tráfico de drogas e lesão corporal contra mulher. A PM também capturou um foragido da justiça.

 

Na noite de terça-feira (13), um veículo foi furtado no bairro São João. Os policiais conseguiram recuperar o automóvel. O autor do crime não foi localizado.

 

Segundo o capitão da PM, Osmar Santa Rosa, o trabalho que os policiais tiveram nessa operação de carnaval é considerado tranquilo, apesar dessas ocorrências.