Ao Vivo
 
 
Siga ao vivo

Esporte

Casa Branca é campeã da Copa Difusão de Basquete

Casa Branca é campeã da Copa Difusão de Basquete

Por: Weslen Máximo     O feriado de 15 de novembro foi de decisão no Ginásio Municipal de Casa Branca (SP). Com campanhas praticamente iguais na competição, os donos da casa e Santa Cruz das Palmeiras fizeram um grande jogo pela final da Copa Difusão, categoria sub-18. Casa Branca ficou com o título após vencer a partida por 64 a 51.   O confronto teve a presença de bastante torcedores das duas equipes. Em um jogo dinâmico, os casa-branquenses permaneceram na frente do placar nos quatro períodos e levaram a melhor no final. O técnico Juninho Pistelli, de Casa Branca, conta como motivou seus jogadores. “Falei para os meninos que era o jogo da vida, ‘sangue nos olhos’ até o fim com muita vontade. E foi o que aconteceu! Todo mundo que entrou, entrou bem, marcando forte e acho que isso foi determinante em nossa defesa”, disse.   O treinador de Palmeiras também falou da defesa de sua equipe, que para ele, não foi bem, sendo um fator que pesou para a derrota. “Começou com uma defesa que não foi boa e não teve consistência. Não conseguimos melhorar durante o jogo”, contou Luiz Carlos Bolutti.   O jogo Os casa-branquenses começaram melhor, abrindo 12 a 0 nos primeiros minutos de jogo. A vantagem continuou grande com um ataque forte comandado pelo pivô Guilherme. O camisa 14 foi um dos destaques da final.   No 2º período, Santa Cruz das Palmeiras buscou reagir e conseguiu equilibrar a partida. Acabou a instabilidade da equipe. Após uma bronca do treinador Bolutti, o time foi para cima dos adversários e conseguiu diminuir a vantagem de Casa Branca para apenas 4 pontos em determinado momento do jogo.   O 3º período foi o mais equilibrado. Os donos da casa começaram a errar lances considerados fáceis, como arremessos praticamente embaixo do aro.   Incansável dentro de quadra, o ala Reinaldinho tratou de ser o termômetro da equipe. Ele também fez uma boa partida e chamou a responsabilidade em momentos delicados.   Mais calmos em quadra, os jogadores de Casa Branca souberam administrar o 4º período, jogando com o tempo, demorando a arremessar e gastando a posse de bola.   No fim, Casa Branca venceu por 64 a 51 e levantou o caneco.
Cipolini comenta classificação do Franca para final do Paulista

Cipolini comenta classificação do Franca para final do Paulista

Por: Weslen Máximo   Ouça a entrevista. Clique Aqui!   O Ala/Pivô Lucas Cipolini, do Sesi/Franca comentou sobre a classificação do time para a final do Campeonato Paulista, após 9 anos sem disputar a decisão. Na quinta-feira (19), Franca bateu Bauru por 77 a 68, na 4ª partida da semifinal.   Em entrevista exclusiva ao Esporte Difusora, Cipolini revelou que a classificação contra Bauru foi difícil, mas que a confiança foi determinante para avançar. “Fizemos dois jogos muito fortes dentro de casa, aqui no Pedrocão. Abrimos vantagem de 20 pontos nos dois jogos. Fomos para Bauru, confiantes. Sabemos que o playoff cada jogo é uma história”, disse.   Franca venceu as duas primeiras partidas da série melhor de 5. E só precisava vencer mais uma, fora de casa, para ir à final. Mas o rival surpreendeu dentro de casa e venceu no sufoco por apenas 1 ponto.  “Foi um jogo muito acirrado, um jogo muito difícil pra nós. Buscamos o jogo inteiro. Menos de 2 minutos pra acabar, estávamos perdendo de 6 a 7 pontos, algo difícil de tirar no basquete. Conseguimos buscar, passamos na frente de Bauru, mas mesmo assim, fizemos uma falta e perdemos o jogo de 1 ponto”, comentou Cipolini.   Com Bauru forçando a 4ª partida, Franca não poderia deixar o time do jogador Alex, empatar a série. O jeito foi ver os lances do 3º jogo e corrigir os erros. Cipolini conta que foi necessário jogar mais em conjunto a defesa e o ataque. E isso deu resultado. “Dominamos o jogo inteiro e chegamos com uma vantagem no final e acabamos segurando essa vantagem e fechando a série por 3 a 1 contra Bauru”, explicou o camisa 15.   Por ter jogado em outros estados e até fora do país, essa será apenas a segunda vez que Lucas Cipolini disputa a final do Campeonato Paulista como atleta profissional.   Ligado no Basquete de Casa Branca Casa-branquense, Cipô, assim como é chamado pelos companheiros, ainda revelou que sempre acompanha os resultados do basquete de sua cidade natal e elogiou as categorias de base. “Eu fico feliz por Casa Branca continuar mantendo essa base forte. Aqui em Franca, sempre quando tem jogo e quando falo que sou de Casa Branca, o pessoal sempre conhece”, destacou.   Final Após 9 anos, Franca volta a disputar uma decisão de Campeonato Paulista. A última vez foi em 2008, quando perdeu o título para Limeira, que venceu a série final em 3 a 0.   Agora, o time do técnico Hélio Rubens aguarda o vencedor dos confrontos entre Mogi das Cruzes x Paulistano para saber quem será seu adversário. O placar está em 2 a 1 para o Mogi. A quarta partida da série acontece nesta sexta-feira (20). Se o Mogi vencer, vai à final. Caso o Paulistano consiga a vitória, terá um quinto jogo para o desempate.   Por ter melhor campanha no campeonato (18 jogos com 15 vitórias e 3 derrotas), Franca joga as duas primeiras partidas da decisão em sua casa, no Pedrocão. A final também será decidida em cinco jogos, se necessário. As duas primeiras partidas acontecem já nos dias 26 e 27 de outubro.