Por: Weslen Máximo

 

Morreu na manhã desta quinta-feira (7), aos 56 anos, Luiz Henrique Molina Machado, conhecido como Professor Molina. Ele lutava contra o Linfoma, um tipo de câncer na região da garganta. Deixa esposa, duas filhas e um neto.

 

Molina foi um importante professor de natação na região, principalmente em Casa Branca (SP). Por 30 anos, trabalhou em escolinhas de natação e de outras modalidades. Com tanta experiência no esporte, conquistou o carinho e admiração de muita gente.

 

O diretor municipal de esporte, Sérgio Oliveira, falou que seu falecimento é uma grande perda para os casa-branquenses, porém seu legado continua.  “A gente ta muito triste pelo o ocorrido, mas muito feliz porque a gente tem a certeza que ele contribuiu com o esporte casa-branquense e cumpriu sua missão na Terra”, disse Serginho em entrevista à Difusora.

 

Campanha

Sabendo da situação delicada em que se encontrava o professor, foi organizada pelas Redes Sociais, uma campanha de doação de medula. Em março, mais de 400 pessoas foram até o Salão São José, participar da ação.

 

Sepultamento

O corpo de Molina será velado a partir das 17h, no Velório da Paz. O sepultamento será às 11h desta sexta-feira (8), no cemitério municipal de Casa Branca.

 

 “Luto na Natação”

A Federação Aquática Paulista, na qual, o professor Molina foi árbitro, emitiu uma nota sobre sua morte. Leia abaixo:

 

“É com imenso pesar que informamos o falecimento do Prof. Luiz Henrique Molina Machado, árbitro da Federação Aquática Paulista.

 

Molina, como era chamado pela comunidade aquática, fazia parte do quadro de arbitragem da 5ª Região há mais de 10 anos. Ele fazia tratamento para Linfoma e deixa esposa, duas filhas e um neto.

 

A Federação Aquática Paulista manifesta seu pesar e expressa seus sentimentos a família e amigos de Luiz Henrique Molina Machado”.