Por: Weslen Máximo 

 

Ouça a matéria. Clique Aqui!

 

Casa Branca (SP) tem uma nova modalidade esportiva. É o Futebol Americano! Através do ex-jogador e treinador profissional, Ari Baldan, a cidade passa a ter treinos e um time oficial.

 

Segundo o treinador, que é casa-branquense, a decisão de formar o time foi por uma “dívida” com a cidade. “Eu vim pra cá realmente para difundir o esporte”, revela Baldan.

 

Há três meses, o ex-jogador e técnico de Corinthians, Palmeiras, Portuguesa e São Paulo, iniciou o projeto “Casa Branca Templários”, no campo do Jardim Macaúba. Nos primeiros treinos eram poucos atletas. Hoje, já são 64 jogadores no elenco. “64 é um bom número. Poucos times, hoje, conseguem ter um número de atletas assim”, explica.

 

No sábado (24), um evento aconteceu no auditório da Etec Francisco Nogueira de Lima, onde o Casa Branca Templários se tornou um time profissional, que irá disputar campeonatos oficiais da modalidade, a partir de 2018. “Nós temos que fazer de forma correta, a filosofia do esporte presa isso”, conta o treinador.

 

Os treinos da equipe acontecem de segunda a quarta-feira, às 19h30, no campo da Etec. Até 10 de julho, quem quiser fazer parte do elenco pode se apresentar no local. Atletas de 13 a 60 anos podem participar. Na modalidade, não é necessário ter um corpo atlético, já que esse esporte tem várias posições, que em algumas delas, exigem um jogador mais forte e com massa muscular e em outras, atletas mais velozes. “Não importa seu tipo físico, você é bem-vindo”, revela o treinador.

 

Os jogadores estão empolgados com a novidade em Casa Branca e querem que o projeto dê frutos. “Eu já conhecia o esporte, mas nunca tinha treinado. A partir do primeiro treino, me apaixonei e quero seguir esse caminho”, conta o Cornerback, Leandro Pereira Romano, de 29 anos.

 

As mulheres também têm vagas em um setor importante do time: líderes de torcida! O Casa Branca Templários recruta garotas para “animar” a galera durante os jogos.

 

O projeto está acontecendo e agora, Ari e companhia precisam de equipamentos esportivos para dar continuidade. Através de rifas, o treinador revela que comprou bolas, garrafinhas de água e cones para realizar os treinamentos. Outra rifa será feita para arrecadar equipamentos próprios para o jogo. “Para equipar cada atleta, sai em média R$ 1,1 mil”, explica Baldan.

 

Para o jogo, cada atleta precisa ter um capacete profissional da modalidade, ombreiras, calças protetoras, luvas, protetor bucal entre outras peças. Segundo Baldan, o objetivo é arrecadar R$ 28 mil para comprar a primeira leva de equipamentos. Serão rifados kits churrasco.

 

Para quem quiser patrocinar o Casa Branca Templários, pode entrar em contato na página oficial do time no Facebook. Clique Aqui!

 

“Quem puder ajudar vai ser muito legal porque é uma coisa que a gente vai retornar em benefício para a cidade. Ajudem o time porque tem muita molecada que gosta do esporte e vai trazer muita alegria para a cidade ainda”, explica Baldan.

 

O primeiro jogo do Casa Branca Templários está marcado para setembro contra o time do “Santos Tsunami”, em amistoso na cidade de Santos (SP), que servirá como um preparatório para os campeonatos em que a equipe disputará no ano que vem.

 

Em entrevista ao Esporte Difusora, programa exibido nesta sexta-feira (30), Ari conta os detalhes da criação da equipe e como é o Futebol Americano. Clique Aqui e Ouça!