Por: Weslen Máximo 

 

Um motorista de 31 anos morreu após bater o carro contra a traseira de um caminhão em Santa Cruz das Palmeiras (SP), na noite deste domingo (8). O acidente aconteceu no km 74 da Rodovia Deputado Vicente Botta (SP-215), que liga a cidade a Porto Ferreira (SP).

 

Segundo a Polícia Rodoviária, o motorista havia acabado de deixar a namorada em casa e voltava para uma Fazenda, onde vivia, quando bateu na traseira do caminhão carregado com cana-de-açúcar.

 

Com o impacto, a vítima morreu no local. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas ao chegar ao local encontrou o motorista sem vida. O corpo dele foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

 

Outro acidente

Na tarde de sexta-feira (6), um motociclista também morreu na mesma rodovia, quando seguia de Casa Branca (SP) para Santa Cruz das Palmeiras.

 

Segundo informações, o homem estava trafegando com sua moto quando um caminhão foi efetuar uma ultrapassagem em local proibido e atingiu o rapaz pela lateral. A vítima morreu na hora.

 

O motociclista era funcionário da concessionária Intervias e trabalhava no pedágio entre Casa Branca e Santa Cruz das Palmeiras.

 

Na SP-340

Um carro com quatro ocupantes capotou na madrugada desta segunda-feira (9) na Rodovia Governador Dr. Adhemar Pereira de Barros, a SP-340, que liga Campinas (SP) a Mogi Mirim (SP). O motorista morreu no local e uma das passageiras chegou a ser socorrida com ferimentos graves, mas não resistiu. Outras duas pessoas ficaram feridas.

 

As causas do acidente não foram reveladas.

 

Em Minas Gerais

Um motociclista morreu também na madrugada desta segunda-feira em um acidente envolvendo um carro e uma moto na MG-455, em Andradas (MG). Os veículos bateram de frente quando o motociclista entrou na rodovia pela contramão após sair de um loteamento.

 

Segundo a Polícia Militar, o motorista do carro seguia sentido Ibitiúra de Minas, quando o acidente aconteceu. O homem foi preso em flagrante por não ter carteira de habilitação.

 

O motociclista Roberto Francisco Dionísio, de 36 anos, foi socorrido pelo Samu ao hospital de Andradas, mas morreu durante atendimento. O motorista do carro não teve ferimentos e foi levado para a delegacia de Poços de Caldas (MG).

 

Fonte: G1 e Jornal Casa Branca.