Por: Welsen Máximo 

 

O casa-branquense que tem dívidas com a prefeitura, de IPTU e água e esgoto, por exemplo; tem até sexta-feira (28) para aderir ao Programa de Recuperação Fiscal Municipal (Refis).

 

Para o prefeito Marco Cesar, a cidade não pode ficar sem essas arrecadações e precisa cobrar de quem está devendo. Ele conta que a instituição deixa de arrecadar milhões de reais.

 

“Nós tivemos, em 2016, uma inadimplência fiscal na ordem de 40% no IPTU; e 30% no fornecimento de água e esgoto”, disse ele em entrevista ao Jornal da Difusora do dia 9 de fevereiro.

 

Segundo o prefeito, somente no ano passado, Casa Branca deixou de arrecadar nesses impostos, mais de R$ 4 milhões.

 

O refinanciamento pode ser parcelado em até 40x. O valor mínimo das parcelas é de 50 reais.

 

O contribuinte que aderir o refinanciamento terá o perdão das multas e juros que estão acumulados. Após o período de adesão, o cidadão que não entrou no programa e ainda estiver em dívidas, será cobrado pela prefeitura. Persistindo em não pagar o débito, sofrerá ações fiscais, podendo ter até seus bens penhorados.

 

Para regularizar a situação, o morador deve ir ao setor de tributos da prefeitura, que fica no Clube Casa Branca, ao lado da Praça da Matriz, no Centro.