Por: Weslen Máximo

 

Pela falta de combustível, ocasionada pela greve dos caminhoneiros, que chegou ao seu oitavo dia, a prefeitura de Casa Branca (SP), seguindo exemplo de outros municípios, adota a partir desta terça-feira (29), a suspensão dos serviços de alguns setores.

Segundo a nota divulgada pela prefeitura, "os serviços prestados pelas secretarias de obras, agricultura e meio ambiente, saúde, promoção social e segurança e trânsito, estão suspensos, atendendo apenas os casos de emergência".

A prefeitura garante que todos os serviços emergenciais serão mantidos, em especial o transporte da saúde. Também informa que a coleta de lixo e o transporte dos alunos da rede municipal de ensino, inicialmente seguem o cronograma normal.

A medida foi decidida após uma reunião entre o prefeito Marco Cesar e seus diretores, realizada durante esta segunda-feira (28).

De acordo com a prefeitura, os serviços devem ser retomados, assim que a situação do país voltar ao normal.


Leia a nota oficial da prefeitura de Casa Branca

"NOTA OFICIAL – Greve dos caminhoneiros no Brasil

A Prefeitura informa que passou a adotar medidas de contenção geral para economia de combustível, devido a escassez do produto no mercado, provocada pela greve nacional dos caminhoneiros que atinge vários estados do Brasil. A paralisação já dura sete dias.

Todos os serviços emergenciais serão mantidos, em especial o transporte da saúde. A coleta de lixo e o transporte dos alunos da Rede Municipal de Ensino inicialmente seguem o cronograma normal.

Os serviços prestados pelas secretarias de Obras, de Agricultura e Meio Ambiente, de Saúde, Promoção Social e Segurança e Trânsito estão suspensos, atendendo apenas os casos de emergência.

A medida entra em vigor a partir de amanhã 29 de maio.

A Prefeitura aguarda novas informações sobre a greve.  Os serviços serão retomados, em sua totalidade, tão logo a situação se normalize".