Por: Weslen Máximo

 

O delegado Wanderley Fernandes Martins Júnior (PMDB) é o novo prefeito de Mococa (SP). Ele obteve 17.479 votos (51,80%) na eleição que aconteceu neste domingo (2), segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

 

Elisângela Maziero (PSD) ficou em segundo lugar, com 12.782 (37,88%), Marcos Vicente “Nane” (PRB) ficou em terceiro, com 2.479 votos (7,35%), e Elias de Sisto (PR) ficou com a quarta colocação, com 1.005 (2,98%).

 

A abstenção foi de 29,76%. Dos 53.461 eleitores da cidade, 37.552 compareceram às urnas. Desses, 1.406 votaram em branco (3,74%) e 2.401 anularam o voto (6,39%), de acordo com o TSE.

 

O novo prefeito

 

Wanderley Júnior tem 41 anos, é casado e tem duas filhas. Pós-graduado em direito, ele é delegado da Polícia Civil desde 2009 e concorreu à prefeitura pela coligação que reuniu PMDB, PSDB, DEM, PSC, PTB e PRP.

 

Nova Eleição

 

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) rejeitou o recurso do candidato Cido Espanha e, por conta disso, os 19.412 votos que ele recebeu na eleição de outubro não foram contabilizados. Com isso, uma nova eleição teria que ser feita.

 

Em 1° de janeiro, quem assumiu interinamente a prefeitura foi a presidente da Câmara, Elisângela Manzini Maziero até este domingo, data escolhida para ser a nova eleição em Mococa..

 

Processo

 

O registro de Cido Espanha foi negado porque, em 2015, ele havia sido condenado por improbidade administrativa, enriquecimento ilícito e prejuízo ao erário público. Ele não quis recorrer da sentença e, por isso, está inelegível por oito anos.

 

Fonte: G1.globo.com  | TSE