Em entrevista exclusiva ao Jornal da Difusora, desta sexta-feira (6), o prefeito Ildebrando Zoldan, o vice Eurico Sassi e Rosangela Maria Gonçalves, diretora da saúde, revelaram que a prefeitura de Casa Branca (SP), assumiu o comando novamente do Posto de Pronto Atendimento do município. A empresa que administrava o PPA solicitou um aumento no valor do contrato, na qual a prefeitura não aceitou.

O local era administrado pela Santa Casa de Misericórdia, que em dezembro de 2015, decidiu não renovar o contrato com a prefeitura. Uma intervenção foi feita na antiga administradora em busca de irregularidades. Para que os atendimentos não fossem interrompidos, a entidade contratou em caráter emergencial, o serviço de uma empresa terceirizada para administrar o PPA. Após três meses, a contratada solicitou um aumento no valor de 80 mil reais para continuar os trabalhos. “Nós sentimos que a prefeitura não iria ter condições de manter esses valores”, explicou o prefeito Ildebrando Zoldan. “Preferimos fazer a rescisão e continuar com essa intervenção e gerir o PPA”, completou.

De acordo com Zoldan, no momento, a comissão interventora está administrando o local e a prefeitura já está em procedimento de uma licitação para uma nova empresa trabalhar no PPA.

O prefeito destacou que o trabalho feito para o setor de saúde é “forte” no seu mandato. “Um dos pontos fortes do nosso governo está sendo a saúde”.