Por: Weslen Máximo 

 

Ouça a entrevista com Fernanda Menegatti, responsável pela Vigilância Epidemiológica. Clique Aqui!

 

Começou nesta segunda-feira (17) a Campanha Nacional de Vacinação Contra a gripe. Neste ano, a meta é vacinar 54,2 milhões de pessoas em todo o país até 26 de maio. Em Casa Branca, 6,7 mil devem ser vacinadas.

 

De acordo com Fernanda Menegatti, responsável pelo Setor de Vigilância Epidemiológica da cidade, a vacina protege a pessoa de três subtipos de vírus: A/H1N1; A/H3N2 e influenza B.

 

Há grupos prioritários para receber a vacina. E quem tem prioridade deve se vacinar todos os anos, já que a imunidade contra os vírus cai progressivamente. Além disso, o vírus da gripe passa por mutações freqüentes.

 

Grupos Prioritários

 

Crianças de 6 meses a menores que 5 anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias)

Gestantes

Mulheres que estão no período de até 45 dias após o parto)

Idosos (a partir de 60 anos)

Profissionais da saúde

Povos indígenas

Pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional

Portadores de doenças crônicas e outras doenças que comprometam a imunidade

Professores de escolas públicas ou privadas

*Não podem receber a vacina, pessoas que tem alergia a ovos ou que tiveram alergia grave a dose anterior da vacina.

 

Postos de Vacinação:

 

Sala de Vacinas – Rua Santo Antônio (Atrás do PPA)

PSF CAIC – Parque São Paulo

PSF de Venda Branca

 

Um mutirão acontece no dia 13 de maio com mais locais disponíveis para a vacinação.

 

Segundo o Ministério da Saúde, 60 milhões de doses de vacinas foram adquiridas, das quais 21,1 milhões de doses já foram distribuídas aos estados.

 

Febre Amarela, Dengue, Chikungúnya e Zika

 

Segundo Fernanda Menegatti, até o momento, nenhum caso foi confirmado em Casa Branca.

 

A vacina contra a febre amarela é diferente dessa distribuída na Campanha Nacional, que começou nesta segunda-feira. Quem for para locais de risco (mais afetados da doença) e quer se prevenir pode ir até os postos de vacinação e receber a dose.